WhatsApp libera função de apagar mensagens para todos hoje

A função de apagar mensagens enviadas no WhatsApp chega oficialmente para todos os usuários nesta terça-feira, 31. O recurso estava em testes na versão beta para Android e já era um pedido antigo dos usuários que se arrependiam após enviar um conteúdo ou mandavam para o contato errado. A atualização liberará a funcionalidade em celulares Android, iPhone (iOS) e Windows Phone, além da versão para computadores.

Para apagar uma mensagem no WhatsApp, o usuário tem um tempo máximo de sete minutos e é necessário que o celular do destinatário esteja conectado.

Embora não tenha dado uma previsão sobre a hora da atualização, o WhatsApp afirma que ela chegará para todos a partir de hoje. Basta abrir a loja de aplicativos do seu celular e conferir se há atualização para o serviço de mensagens. Segundo a empresa, é necessário que ambos os usuários estejam na versão mais recente para que a função de apagar mensagem funcione adequadamente.

 

Fonte: https://goo.gl/wkpJwX

Como descobrir quais aplicativos estão sugando mais memória do seu Android

Você provavelmente sabe quantos gigabytes de memória RAM tem o seu celular. O que você provavelmente não sabe é quantos gigabytes de memória RAM você costuma utilizar e se os recursos do seu aparelho são suficientes para suprir a sua demanda.

Se o seu celular costuma apresentar lentidão, um dos motivos possíveis é que você está tentando usar mais memória do que o smartphone oferece. Nessa hora, com a informação correta, você pode tomar uma decisão informada sobre se é a hora certa de comprar um celular novo ou como você pode reduzir o consumo de memória.

Mas como descobrir quais apps estão sugando mais RAM? O Android fornece essas ferramentas desde a versão 7.0 (Nougat). É importante notar, porém, que a demonstração abaixo foi feita em um Google Pixel rodando o Android Oreo e um Moto G5s Plus rodando o Android Nougat, e o passo a passo pode mudar um pouco dependendo da fabricante do aparelho.

Veja como medir o consumo de memória…

No Android Nougat

1. Entre em Configurações

2. Acesse a opção “Memória”

Reprodução

3. Você verá imediatamente quanta memória você usou nas últimas três horas

Reprodução

4. Você pode escolher se você prefere ver o consumo no período de 3, 6 12 ou 24 horas

Reprodução

5. Pressione “Memória usada por apps” para ver quais são os apps que mais impactam a memória do celular

Reprodução

No Android Oreo

O Google escondeu esse recurso, de modo que você precisa ativar as “Opções de desenvolvedor” do celular para acessá-lo. Veja como proceder.

1. Acesse as “Configurações” do seu celular;

2. Entre em “Sistema” e procure pela opção “Sobre o dispositivo”; ela pode estar evidente ou escondida em outro submenu, dependendo do seu celular;

3. Toque repetidas vezes em “Número da versão”; são necessários sete toques.

Reprodução

4. Volte à tela de “Configurações” e acesse “Sistema” e “Opções do desenvolvedor”

Reprodução

5. Entre em “Memória”

Reprodução

6. Você verá imediatamente quanta memória você usou nas últimas três horas

Reprodução

7. Você pode escolher se você prefere ver o consumo no período de 3, 6 12 ou 24 horas

Reprodução

8. Pressione “Memória usada por apps” para ver quais são os apps que mais impactam a memória do celular

Reprodução

 

Fonte: https://goo.gl/Fxx5vh

Como parar de compartilhar sua localização no WhatsApp

Recentemente, o WhatsApp ganhou a função de compartilhamento de localização em tempo real, o que significa que o usuário pode compartilhar o seu trajeto por 15 minutos, 1 hora ou 8 horas. No entanto, se você quiser, pode interromper o compartilhamento no momento que desejar. Veja como fazer isso:

Android

  1. Toque em “Encerrar”, que aparece logo abaixo do compartilhamento da localização;
  2. Vai aparecer um pop-up perguntando se você deseja mesmo encerrar a transmissão. Toque em “Encerrar” novamente;
  3. Irá aparecer a mensagem “Localização atual terminou”.

Reprodução

 

iOS

  1. Toque em “Parar de compartilhar”, que aparece logo abaixo do compartilhamento da localização;
  2. Vai aparecer um pop-up perguntando se você deseja mesmo encerrar a transmissão. Toque em “Parar de compartilhar” novamente;
  3. Irá aparecer a mensagem “Localização atual terminou”.
    Reprodução

iPhone 8 Plus toma liderança de ranking de celulares mais rápido do mundo

O ranking do AnTuTu, aplicativo de benchmark que mede desempenho de smartphones tem um novo líder. Trata-se do iPhone 8 Plus, que utiliza seu processador A11 Bionic para deixar Androids tops de linha usando comendo poeira, com uma pontuação 20% maior do que o OnePlus 5, o celular Android mais rápido do ranking.

O ranking referente a setembro também mostra o iPhone 8 na segunda colocação, com uma pontuação média levemente inferior que pode ser atribuída a 1 GB a menos de memória RAM do que o seu “irmão” maior.

Reprodução

É interessante notar como, depois dos iPhones, como o ranking é um misto de marcas secundárias e pela Samsung, deixando de lado todas as outras grandes empresas do setor como LG, Motorola, Sony, Asus e até mesmo o próprio Google.

Não há nenhum novo celular Android neste momento que possa desbancar o iPhone no topo da lista. O Pixel 2 é o smartphone mais recente, mas ele não tem nada em termos de especificações que indique que ele possa superar nem mesmo o OnePlus 5 como Android mais rápido.

A tendência é que os celulares Android só consigam fazer frente ao iPhone 8 no ano que vem, quando começaram a saírem os aparelhos com Snapdragon 845/855, segundo o próprio AnTuTu, além dos Exynos que devem equipar o Galaxy S9.

O relatório da AnTuTu foi feito com base nos testes realizados durante o mês de setembro. A empresa levou em conta a pontuação média dos testes realizados pelos usuários do AnTuTu v6, e não a máxima, que permite algumas oscilações. Foram listados apenas celulares com pelo menos 1.000 testes realizados ao longo do mês.

 

Fonte: https://goo.gl/p1sTr5

WhatsApp libera novo design de emojis no Android

WhatsApp libera novo design de emojis no AndroidNo começo de outubro, o WhatsApp anunciou um design próprio para os emojis dentro do mensageiro, e agora usuários do Android já começaram a receber os novos ícones.

Os novos emojis já tinham aparecido em versões beta do WhatsApp para Android, e agora foram liberados na versão estável do app. As diferenças não são tão fáceis de serem notadas: os emojis continuam sendo baseados nos que a Apple fez, com pequenas alterações que dão uma cara especial a eles.

Reprodução

Além do design, o WhatsApp também incluiu novos emojis para os usuários, como uma girafa, um ouriço e um tiranossauro rex, entre outros (confira abaixo).

Os novos emojis apareceram na versão 2.17.386 do WhatsApp para Android. Ainda não há informação de quando eles devem ser lançados em outras plataformas.

Reprodução

Reprodução

 

 

Fonte: https://goo.gl/a7phGs

Facebook libera transferência de dinheiro pelo Messenger através do PayPal

Em 2015, o Facebook apresentou um recurso de transferência de dinheiro pelo Messenger com um cartão de crédito ou débito. Agora, a plataforma se integrou ao PayPal.

Conforme relata o Engadget, basta o usuário tocar no botão “Pagamentos”, dentro de uma conversa, e selecionar a opção “PayPal”. A princípio, a função está disponível somente dos Estados Unidos e para usuários do sistema operacional iOS, sendo que em breve será liberada para Android.

Reprodução

Se a pessoa já configurou o recurso para pagar usando seu cartão, basta tocar no botão “Alterar” e escolher o Paypal para conectar a conta ao Messenger.

Apple e GE anunciam parceria

A Apple e a GE anunciaram nesta quarta-feira, 18, uma parceria para construir um conjunto de ferramentas e desenvolver aplicativos usando o design da Apple e uma compreensão profunda do iOS.

A equipe de vendas da Apple também promoverá a Predix, da GE, como plataforma de análise industrial de internet das coisas para seus clientes e desenvolvedores, enquanto a GE comprometeu-se a distribuir iPhones e iPads como dispositivos corporativos para seus 330 mil funcionários e oferecer o Mac como uma escolha de computador.

A equipe de vendas da Apple também promoverá a Predix, da GE, como plataforma de análise industrial de internet das coisas para seus clientes e desenvolvedores, enquanto a GE comprometeu-se a distribuir iPhones e iPads como dispositivos corporativos para seus 330 mil funcionários e oferecer o Mac como uma escolha de computador.

A questão é que o novo SDK oferece aos desenvolvedores externos e à GE a capacidade de criar aplicativos nativos em cima da plataforma Predix, permitindo que eles aproveitem o ecossistema completo da Apple. Por exemplo, através do aplicativo de gerenciamento de desempenho, criado pela GE, os clientes podem verificar os seus equipamentos industriais, além de compartilhar em tempo real informações, fotos e anotações com a fornecedora.

 

Fonte: https://goo.gl/yLao37

Como evitar golpes no Facebook

O Facebook é uma das redes sociais mais usadas no mundo, com um total de 2 bilhões de usuários. Por isso, não são raros os golpes que visam roubar dados dos internautas ou então espalhar links maliciosos.

Entre os golpes mais comuns na rede social estão os de romance, no qual o golpista geralmente envia mensagens para pessoas que não o conhecem, fingindo ser alguém divorciado, viúvo ou em um casamento passando por dificuldades, com a esperança de se envolver em um relacionamento online;  os de loteria, que afirmam que a vítima recebeu uma quantia em dinheiro e exige informações pessoais; e os de empréstimo, no qual o golpista envia mensagens oferecendo empréstimos instantâneos a uma taxa de juros baixa, mais uma vez, por uma pequena quantia como adiantamento.

Veja o que você pode fazer para evitar cair em golpes:

  1. Links
    Tome cuidado ao receber mensagens de desconhecidos ou mensagens estranhas de desconhecidos e nunca clique em links suspeitos.
  2. Páginas falsas
    Antes de clicar e compartilhar links de alguma página, verifique se não é uma notícia falsa. Muitos links maliciosos usam endereços de Internet similares a sites de notícias grandes e até possuem páginas que copiam o layout oficial.
    Evite também aceitar convites de contas falsas, pois eles costumam ser feitos para aplicar golpes e tentar roubar acesso de usuários na rede.
  3. Aplicativos
    O Facebook permite utilizar aplicativos em conjunto com a rede social. No entanto, alguns desses aplicativos, como de jogos, quizz e testes de personalidade podem ser usados para roubar informações. Para evitar isso, entre nas “Configurações”, procure por “Aplicativo” e remova o acesso de apps suspeitos.
    O mesmo vale para extensões de navegadores. Antes de acessar sua conta na rede social, veja se existe alguma extensão suspeita instalada. Caso tenha, desinstale e só depois faça login no Facebook.
  4. Sessões ativas
    Nas configurações você pode verificar as sessões ativas da sua conta e checar se o seu Facebook foi acessado em algum computador ou região estranha. Para fazer isso, vá em “Configurações”, depois em “Segurança” e procure por “Onde você se conectou”. Caso identifique uma conexão suspeita, toque nos três pontinhos que aparecem ao lado do dispositivo e clique em “Não é você?”. Agora, se você se conectou, mas esqueceu de deslogar, selecione a opção “Sair”.
  5. Autenticação de dois fatores
    Ative a função de autenticação de dois fatores do Facebook. Dessa forma, você saberá sempre que alguém tentar acessar sua conta, pois receberá uma notificação para confirmar que é você que está tentando acessar a rede social.
    A função pode ser ativada na área de “Segurança”. Aproveite para ativar as notificações sobre logins feitos em dispositivos desconhecidos e você ainda pode escolher de três a cinco amigos para caso você perca o acesso a sua conta.
  6. Mude sua senha
    Caso você perceba que caiu em algum golpe, mude sua senha imediatamente – não só do Facebook, mas também de outras redes sociais e e-mails, e avise o Facebook por meio do link www.facebook.com/hacked e seus amigos, pois os hackers podem usar sua conta para tentar espalhar malware para os seus contatos.

 

Fonte: https://goo.gl/q395y9

Google Fotos agora reconhece seus animais de estimação

O Google anunciou que o seu aplicativo de fotos, o Google Fotos agora é capaz de reconhecer imagens dos animais de estimação dos usuários e agrupar todas as imagens automaticamente. Isso significa que você não terá mais que digitar palavras como “cão” ou “gato”, pois o algoritmo irá ordená-las para você.

A nova atualização não só mostra os animais de estimação agrupados ao lado das pessoas, mas também permite que os usuários possam rotulá-los pelo nome, permitindo pesquisas mais fáceis. A plataforma também permite a pesquisa por raça, bem como emoji de animal.

Agora dá para pedir comida pelo Facebook

O Facebook deu mais um passo em sua jornada para “engolir a internet”: agora, a rede social pode fazer delivery de comida. A partir desta sexta-feira (13), os usuários poderão encomendar pratos em restaurantes e receber diretamente em sua casa. O recurso funciona na versão para navegadores e nos aplicativos para Android e iOS, mas está restrita aos Estados Unidos por enquanto.

Para encomendar comida no Facebook, os usuários precisarão apenas entrar no menu da rede social e procurar pela opção “Pedir comida”. A rede social exibe os restaurantes na cidade, incluindo os preferidos da pessoa, e o cardápio para escolher o que comer. O pagamento também é feito no mesmo app, sendo possível optar por retirar a comida no estabelecimento ou receber em casa.

De acordo com o Facebook, a ferramenta suporta grandes cadeias de restaurantes como estabelecimentos locais. Além disso, os usuários poderão aproveitar o seu login em serviços de entregas, como o Delivery.com, para agilizar o processo.

Por enquanto, a ferramenta está sendo liberada para todos os usuários dos Estados Unidos. Contudo, nada impede que a empresa expanda a função de delivery para outros países no futuro, incluindo a integração com serviços locais.