Quer ter sucesso? Então lembre-se que antes vêm persistência e paciência

Por Roberto Garini

Paciência! Uma palavra difícil de engolir em tempos de informação instantânea, de redes sociais, tudo on-line, na hora!
Mas a história de vencedores ensina que raramente o sucesso vem tão rápido como a gente espera.
Veja o caso da Bic.

Pouca gente sabe, mas é uma marca Francesa.

Em 1945 Marcel Bich (1914-1994) e seu sócio Edouard Buffard (1908-1996) iniciam a produção de Clichy (França) com partes de canetas e lápis, e inventam a caneta BIC um ano depois da fundação.
Levou 10 anos até conseguir que o governo Frances autorizasse que os alunos usassem as canetas esferográficas, BIC, em um país que só usavam caneta tinteiro.
Em 1954 inauguram sua filial na Itália e pasmem em 1956 a segunda filial da empresa foi inaugurada no Brasil.
O objetivo da BIC foi sempre deixar transparecer que o produto fosse local. A BIC funciona assim no mundo todo. Cada cidadão americano acha que a BIC é americana, como o Italiano acha que é italiana e até no Brasil achamos que é brasileira.
A BIC sempre foi uma empresa persistente, começaram a fabricar aparelhos de barbear descartáveis quando todos usavam a navalha ou aparelhos que trocavam a lamina. Mais uma vez 10 anos, até que o mundo inteiro passou a incorporar o aparelho descartável. Mais uma vez a persistência era maior do que o invento, cultura da BIC.
Hoje fabricam mais de 100 itens de papelaria, mais de 50 itens de isqueiros e mais de 20 itens de barbeadores.
bic
A chama do empreendedorismo sempre anda junto com a BIC, em 1979 partem para produtos de esportes náuticos, passam a fabricar equipamentos de Wind surf e barcos a vela.
Em 2008 passam a fabricar aparelhos de celular a pedido de uma operadora francesa que descobriu que existia um publico que não quer celulares complicados. Vieram os BIC PHONE, aparelhos muito simples de se operar e com preços que os tornam descartáveis.
Em 2011 passam a fabricar um sistema de cozimento portátil à carvão para churrasco. A ultima da BIC é fabricar células à combustíveis portáteis. Outra vez vão esperar algum tempo para que esses dois produtos se tornem coqueluche.
Mas também já erraram, produzindo um perfume. Esqueceram que uma empresa fabricante de produtos tão práticos e tão simples não poderia oferecer um produto tão complexo e tão sofisticado quanto um perfume aos seus consumidores; resultado, fracasso total.
Essa minha descrição serve para mostrar para você que tem uma ideia incrível, que o caminho mais curto para o sucesso é; tente, invente, mas aguarde sua vez com persistência, porque o sucesso vem, embora ás vezes demore um pouco.

Retire seu ticket, atitude!

Estamos mais uma vez aprimorando os serviços da empresa, adotando uma nova forma de trabalhar: Scrum.

O Scrum é um método ágil para gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software.

Características importantes do Scrum

  • Clientes se tornam parte da equipe de desenvolvimento (os clientes devem estar genuinamente interessados na saída);
  • Entregas freqüentes de funcionalidades 100% desenvolvidas;
  • Planos freqüentes de mitigação de riscos desenvolvidos pela equipe;
  • Problemas não são ignorados e ninguém é penalizado por reconhecer ou descrever qualquer problema não visto;
  • Sprints para corrigir bugs são feitos de tempos em tempos;

E estamos lançando a campanha: Retire seu ticket, atitude!
Com o objetivo de conscientizarenvolver toda a equipe neste novo conceito de trabalho.

Tome uma atitude e assista o vídeo abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=qxDmFsSiHLQ&feature=related

Segue a logo da campanha Retire seu ticket: atitude!

Vai começar as Paraolimpíadas, conheça os Super Humanos

Todo grande atleta precisa ultrapassar os seus limites para atingir a superação, alguns deles, mais de uma vez.

Há poucas semanas atrás num canal de TV inglesa, Channel 4, que terá exclusividade na transmissão das Paraolimpíadas de Londres 2012, criou, na agência house, e publicou um filme de 90 segundos fantástico, que além de nos abrir os olhos para a determinação e luta desses atletas especiais. Fez com que depois da veiculação desse filme os ingressos das Paraolimpíadas se esgotassem.

Trilha perfeita + imagens incríveis.

Director/creative: Tom Tagholm, 4Creative
Producers: Gwilym Gwilym, Rory Fry, 4Creative
Cinematographer: Luke Scott, 4Creative
Editor: Tim Hardy, (edit facilities: Stitch)
VFX/Post Production: MPC
Música: Harder Than You Think – Public Enemy

O Irã vai sair da Internet

O Ministro de Telecomunicações do país pretende substituir a web por uma ‘intranet’ exclusiva

 

Editora Globo

Crédito: Shutterstock

O Irã vai se desconectar da internet global e, em seu lugar, terá uma espécie de intranet, interna e exclusiva do país. Pelo menos é esse o plano do Ministro de Telecomunicações Reza Taghipour para os próximos 18 meses.

O motivo, segundo reportagem do Telegraph, são os ataques que o país sofreu dos vírus Stuxnet, Flame e de outras cyber-armas, supostamente controlados por países hostis ao Irã. O Stuxnet, descoberto em 2010, causou grandes prejuízos ao programa de enriquecimento de urânio (técnica usada para armas nucleares) do país e o Flame, por sua vez, teve como alvo os sistemas de exportação de petróleo.

Por um lado, se o plano der certo, o Irã poderá, em teoria, desenvolver suas armas nucleares. Por outro, ele irá cortar parte de seu elo com a economia mundial.

E você, consegue imaginar a vida em um país sem a internet como ela é?

Via Telegraph