E-marketing: como se tornar conhecido na internet?

Fonte: A Internet como Ferramenta de Negócios

Confira dicas de como promover seu negócio pela web

O e-marketing, também conhecido como web marketing ou marketing virtual, é o termo utilizado para designar o conjunto de estratégias de marketing desenvolvidas para promover um site e criar relacionamento com seus visitantes e potenciais usuários ou clientes.Apesar do e-marketing lidar com clientes que podem estar apenas a um click de distância de uma empresa, eles também estão a essa mesma distância das concorrentes. Por isso, para atrair o internauta até o seu site, é necessário o uso de uma boa estratégia de e-marketing. Confira aqui boas dicas para quem quer promover um negócio pela internet.

Produto
A combinação adequada entre produtos e serviços é uma das fórmulas para o sucesso de um site. Os produtos precisam ser diferenciados e devem trazer algum valor agregado. Após a venda, o seu site deve oferecer algum serviço ao internauta, para que ele volte constantemente. Se você vender um serviço, ofereça produtos que tenham relação com o serviço.

Preço
Além de comodidade, o consumidor espera encontrar preços mais atraentes na internet, pois não há a necessidade de uma estrutura física. Este é um dos fatores mais procurados pelo cliente da web.

Ponto de venda
Apesar de todo internauta está a um clique da sua loja, é imprescindível que seu site tenha um endereço fácil de ser memorizado ou que esteja hospedado em grandes vitrines da web. Procure fazer parcerias com os grandes portais da internet e colocar a sua loja na área de comércio eletrônico de portais específicos do seu segmento ou de portais de varejo.

Promoção
As alternativas de investimentos publicitários são muitas: outdoors, anúncio em TV, mídia impressa, rádio e, naturalmente, a própria internet. Porém, tenha em mente o que diversas pesquisas comprovam: a melhor forma de aumentar o tráfego de um site é investindo em publicidade na própria rede, através de banners publicitários.

Público-alvo
Saber o perfil de quem acessa o seu site é muito importante. Informações como páginas mais acessadas dentro do site, horário de maior número de visitantes, tempo de permanência do visitante e páginas menos visitadas são de vital importância para definir futuras campanhas de marketing para o seu site. Sem conhecer o público-alvo do seu negócio qualquer campanha de marketing será mal sucedida.

Atenção ao nome do domínio
Em primeiro lugar, ao registrar o domínio www.seunegócio.com.br, o nome “seu negócio” deve representar bem a sua empresa (marca) ou o seu produto. Quando se cria um site, deve-se pensar na associação do nome do domínio ao tipo de serviço prestado. Então, capriche na hora da escolha do nome antes de registrar o domínio. Ele é o seu ponto na internet. Ele posicionará a sua empresa na mente de seus clientes.

Permuta de links
Outra forma de divulgação de sites é a permuta de links. Busque entrar em contato com web sites que tenham negócios ou serviços relacionados aos seus (sem que sejam concorrentes) e propor uma permuta de links.

Suponha que você tenha um restaurante especializado em comida tailandesa e você descobre um site que fala sobre os costumes e a vida de tailandeses no Brasil. Não seria interessante divulgar neste site um link para o site do seu restaurante? Isso faz com que internautas que pesquisem sobre algum assunto relacionado à Tailândia saibam da existência do seu restaurante.

O efeito do marketing viral
Marketing viral é um tipo de promoção onde o produto ou serviço se auto promove, propagando-se pela rede. Podemos comparar com o marketing boca a boca, porém com uma amplitude de propagação muito maior.

O marketing viral tem um efeito positivo se sua estratégia de e-marketing e todo o relacionamento criado com seus clientes for satisfatório e atender às suas necessidades e expectativas, já que tudo ocorre por meio da indicação de uma pessoa a outra. Entretanto, ele pode também ter um efeito muito negativo se sua empresa prometer e não cumprir, se a qualidade do produto for duvidosa e se não houver respeito pelo cliente.

E se faltasse espaço na Internet? De fato, isso já está acontecendo.

Vint Cerf, Chief Internet Evangelist no Google e o pai da Internet, discute a próxima versão da Internet e explica por que precisamos dela.

Por que está começando a faltar espaço na Internet?

Assim como os telefones usam um sistema de números de telefone para efetuar as chamadas, cada dispositivo conectado à Internet recebe um número exclusivo conhecido como “endereço IP” que o conecta coma rede global on-line.

O problema é que o sistema atual de endereçamento da Internet, Internet Protocol v4 (IPv4), só tem espaço para cerca de 4 bilhões de endereços – longe de ser suficiente para os habitantes do planeta, sem falar nos dispositivos que estão on-line hoje e os que estarão no futuro: computadores, telefones, TVs, relógios, geladeiras, carros e por aí vai. Mais de 4 bilhões de dispositivos já compartilham endereços; com o esgotamento dos endereços IPv4 disponíveis, dispositivos e usuários da Internet precisarão compartilhar.

IPv6 Graph

Como estamos abrindo espaço para crescer?

Está claro que a Internet precisa de mais endereços IP.Mais quantos, exatamente? Bem, que tal uns 340 trilhões de trilhões de trilhões (ou 340.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000)? É isso que cabe na nova “tubulação” da Internet, o IPv6. É o suficiente para que todos os habitantes do planeta tenham seus próprios bilhões de endereços IP. Em outras palavras, é suficiente para oferecer espaço infinito para a Internet crescer, de agora até o futuro previsível.

Quando vai acontecer a transição?

Substituir os encanamentos da Internet vai levar um tempinho. O lançamento mundial do IPv6, dia 6 de junho de 2012, marca apenas o início de uma implantação coordenada pelos principais websites e provedores de serviços e equipamentos de Internet. No Google, acreditamos que o IPv6 seja essencial para o bem-estar e o crescimento contínuos da Internet e que, permitindo que todos os dispositivos conversem entre si diretamente, o IPv6 possibilita novos serviços inovadores.

Você não precisa fazer nada para se preparar, mas se estiver interessado em aprender mais sobre o IPv6 e como apoiar sua implementação, consulte algumas perguntas frequentes.